O gestor de conteúdos que você escolhe nos dias de hoje pode fazer uma grande diferença no seu futuro enquanto autor, especialmente e ao nível do número de horas que você necessita para manter o seu website actualizado e a correr. Existe uma infindável variedade de opções presentes actualmente no mercado — há quem estime que existem cerca de 1700 opções diferente na actualidade. Algumas dessas opções são incrivelmente fantásticas, mas outras nem tanto….

Hoje damos-lhe a conhecer 10 opções realmente a considerar quando desejar escolher o seu próximo CMS, juntamente com algumas guidelines que consideramos importantes e interessantes de desenvolver para que faça sempre a escolha certa, no momento certo.

1. WORDPRESS

O WordPress sofreu ao longo dos últimos 5 anos uma metamorfose que o levou de uma simples plataforma de blogging para um poderoso CMS recheado de funcionalidades. A funcionalidade primária do WordPress continua a ser o blogging, embora com plugins seja capaz de fazer praticamente tudo, desde sites institucionais, portfolios, galerias, e até mesmos websites de ecommerce. O painel administrativo do WordPress é na verdade intuitivo e simples de utilizar, baseado numa divisão por secções, a partir das quais você pode editar quaisqueres aspectos que considere pertinentes, sem que tenha de influir noutros em simultâneo. O editor WYSIWYG providencia todas as funcionalidades básicas que irá necessitar, incluindo a inserção de imagens, video, e outros tipos de media, e dá-lhe ainda a possibilidade de convergir entre uma visão HTML e o modo visual propriamente dito.

wordpressdashboard

O WordPress tornou perfeitamente possível a criação de páginas através de layouts em CSS/xHTML. Desde galerias a sites noticiosos e recheados de conteúdos, o WordPress consegue nos dias de hoje lidar perfeitamente com qualquer tipo de exigência existente no mercado.

O WordPress é também fantástico ao nível da documentação. O WordPress Codex é extremamente massivo, cobrindo praticamente todo o tipo de instruções, desde as mais básicas e singulares, até à criação de plugins complexos e templates avançados. O WordPress tem também fórums de discussão bastante activos, onde poderá encontrar soluções para problemas comuns, ou simplesmente esclarecer dúvidas.

2. RADIANT CMS

O Radiant é construído em Ruby on Rails. É na verdade muito bom na construção de websites básicos com um número ilimitado de páginas. As funcionalidades de Blogging ou de Galeria podem ser adicionadas através de extensões. O painel de controlo é também muito simples e básico, com páginas, snippets, e layouts como as secções primárias. As funcionalidades trabalham praticamente da mesma forma, independentemente da secção onde você se encontra.

radiantcms

As páginas podem ser construídas para parecerem aquilo que você desejar, baseadas numa combinação de snippets que você próprio cria. Existe também uma comunidade de desenvolvimento activa por detrás deste CMS, com documentação extensa para desenvolvedores. A documentação para utilizador final é um pouco mais curta, mas partindo do princípio de que este é um CMS extremamente simples de utilizar, isso provavelmente não será um problema.

3. SILVER STRIPE

O SilverStripe é um CMS completo capaz de realizar praticamente tudo aquilo que você desejar. É construído em PHP na framework Sapphire, tornando-o mais customizável. Uma das competências mais interessantes do SilverStripe é o facto de os designers puderem customizar o painel de controlo para cada um dos seus clientes, apresentando apenas campos de conteúdos que o cliente irá realmente necessitar de aceder. Isto torna-o provavelmente no mais simples CMS do mercado para geeks e não-geeks. E claro está, inclui um editor WYSIWYG.

silverstripeblog

O SilverStripe é provavelmente demasiado complexo para criação de websites muito básicos, mas dada a sua possibilidade de ser customizado, é apropriado para praticamente todo o tipo de websites. O SilverStripe oferece também imensa documentação e suporte gratuito, tanto para desenvolvedores como utilizadores finais, fórums de discussão e também um canal de IRC.

4. JOOMLA

O Joomla é considerado por unanimidade o CMS open-source mais popular da actualidade. Corre em PHP e MySQL. O painel de controlo é relativamente simples, com secções para gestão de artigos, página frontal, menus, media, e outros conteúdos. Existe também um link para criar de imediato um novo artigo, poupando ao autor imenso tempo na sua acção editorial. Os menus drop-down dão também mais opções de escolha, incluindo extensões e outros aplicativos. O editor WYSIWYG do Joomla inclui toneladas de opções de formatação—incluindo emoticons.

Joomla_3

O Joomla é extremamente poderoso, pelo que é provavelmente um CMS não muito indicado para sites simples, especialmente pelo facto de ter demasiadas funcionalidades presentes. O Joomla tem também uma lista de plugins extremamente extensa para alargar as funcionalidades da plataforma, tornando-o perfeitamente capaz em qualquer tipo de utilização avançada. O único grande defeito do Joomla, na nossa opinião, é a utilização de tabelas para o layout. Embora existam já formas de substituir as tabelas por código CSS, provavelmente poderá não valer o esforço, tendo em conta que existem outros CMSs que não cometem esta gave.

5. TYPOLIGHT

O TYPOlight faz uso de PHP5 e Ajax e inclui funcionalidades para páginas estáticas, blogs, newsletters, e calendários, entre outras secções. O painel de controlo é intuitivo ainda que ofereça toneladas de funcionalidades. Existem atalhos para fazer praticamente tudo, desde a criação de formulários até à inclusão de conteúdo Flash. O conteúdo é apresentado em forma de módulos, que podem ser posteriormente estilizados via CSS.

typolighteditor

O TYPOlight inclui ferramentas para desenvolvedores muito interessantes, incluindo um gerador integrado de CSS e também um gerador de formulários. Existem imensa documentação no website, tanto para programadores como utilizadores finais. Existem também screencasts, fórums de discussão, e uma wiki para suporte. Existem ainda opções pagas de suporte para parceiros do TYPOlight, no caso de necessitar de ajuda avançada.

6. FROG

O Frog é basicamente uma versão PHP do Radiant CMS (mencionado em segundo lugar). O Frog oferece uma UI bastante mais simplificada e intuitiva. Ele permite uma hierarquização ilimitada de páginas e permite-lhe também customizar templates página a página se desejar. Inclui também um editor WYSIWYG simplificado bem ao estilo do WordPress.

frog-pages

O Frog tem documentação quanto baste, com uma série de artigos e tutoriais que abrange desde funcionalidades básicas, a problemas de desenvolvimento complexos. Existe também um canal de IRC para questões relacionadas com o CMS.

7. TEXTPATTERN

O Textpattern faz uso de uma UI em separadores no seu painel de controlo, que na verdade é surpreendentemente intuitiva. Ele apresenta-lhe automaticamente o editor de conteúdos para criar um novo artigo assim que você efectua login, o que na realidade é fantástico para websites e blogs que sejam actualizados regularmente. O único senão do Textpattern é a falta de um editor WYSIWYG. Ele faz uso do Textile, para edição de conteúdo, sendo que é igualmente simples e fácil de compreender.

textpattern_html_preview

Existe uma enorme comunidade por detrás do Textpattern, pelo que a documentação e suporte são surpreendentemente fantásticos. Existe pelo menos 1 livro disponível sobre o CMS, um fórum de discussão aberto, um weblog para desenvolvedores, e ainda um TextBook, ou seja, um manual de utilização comunitário.

8. EXPRESSION ENGINE

O Expression Engine é um dos mais poderosos CMSs disponíveis na actualidade. O EE tem suporte para praticamente todo o tipo de funcionalidades que alguma vez imaginou ou desejou criar, seja através do seu core original ou por intermédio de plugins. O painel de controlo é extremamente simples e intuitivo. É provavelmente complexo e poderoso demais para websites e blogs simples ou básicos, mas extremamente apropriado para praticamente tudo o resto. Estão disponíveis também módulos para praticamente tudo o resto, desde estatísticas a fórums de discussão integrados. O editor WYSIWYG integrado é na realidade um standard e funciona muito bem.

expressionengine

O único defeito do Expression Engine é o facto de ser extremamente caro. Uma licença pessoal custa cerca de $99.95 dólares e uma licença com fins comerciais salta para os $249.95 dólares. Poderá utilizar a versão gratuita do Core, mas apenas em blogs pessoais, não-comerciais ou não-rentáveis.

9. DRUPAL

O Drupal é outro CMS extremamente poderoso que pode ser utilizado para praticamente todos os fins, desde sites corporativos até lojas de ecommerce, redes sociais, e por aí adiante. O painel de controlo do Drupal é incrivelmente simples, com links organizados logicamente para criar novos conteúdos, gerir contas e editar conteúdos já existentes. Uma das funcionalidades mais interessantes do Drupal é o seu conteúdo tipo “Book Page”. Estas páginas podem ser agrupadas em colecções, referenciadas como livros, ou linkadas automaticamente entre todas elas. O Drupal não tem um editor WYSIWYG no seu core original, mas existe um módulo que acrescenta essa funcionalidade.

drupal1

O Drupal tem uma comunidade de seguidores enorme, com fórums de discussão tanto para desenvolvedores como utilizadores finais ou meros curiosos. Existe também documentação extensa a todos os níveis.

10. CMS MADE SIMPLE

Quando eles dizem “Made Simple,” na verdade este CMS é extremamente simples. Ele inclui suporte completo a templates, um Painel de controlo extremamente simples de trabalhar, e uma hierarquia de conteúdos ilimitada. Tem também suporte para “global content blocks” (noutros CMSs chamam-se: snippets) e uma série de outras opções para layouts de websites ou blogs. Existe também acesso a ficheiros de ajuda a partir do Painel de Controlo, incluindo a wiki, IRC e fórums de discussão. Este é outro CMS sem editor WYSIWYG integrado, mas existe um plugin que lhe permite acrescentar essa funcionalidade.

cmsmadesimple

Existe imensa documentação disponível para o CMSMS. Existem também inúmeras extensões de suporte, incluindo IRC e fórums de discussão.

 

Autor: Paulo Faustino

Blog do Autor | Artigos do Autor:

Fundador da Escola Dinheiro. É um empreendedor e blogueiro que dedica a sua vida à produção e partilha de conteúdos de grande qualidade, contando já com alguns dos mais reconhecidos blogs de Portugal e do Brasil.

  • Explorer - Factory Construction & Ship Building Joomla Theme
  • Justice - Attorney and Law Firm Joomla Template
  • OwnFolio - One Page Personal Portfolio / vCard / Resume / Showcase Joomla Template
  • Big Business - Responsive Template
  • Merab - Creative Multipurpose Drupal 8 Theme
  • Fitness Academy Joomla Template
  • Fruition - Business Joomla Template
  • Educate | Education & Courses, Kindergartens Joomla Template
  • Constructive - Contractors Multipurpose Joomla Landing Page Theme
  • Vina Bubox - VirtueMart Joomla Template for Online Stores
  • BizOne - One Page Parallax Drupal Theme
  • LawHouse - Responsive Lawyers Attorneys Joomla Template

Gostou deste artigo? Então torne-se fã do Blog no Facebook!



Comentários dos Alunos


  1. internetador
    19 de outubro de 2010

    Eu uso o WordPress e estou mais do que satisfeito com ele, mas é muito bom saber que existem várias alternativas boas também.



  2. Water
    19 de outubro de 2010

    É uma pena que não conheça o e107 pois sem dúvida nenhuma é o melhor CMS. Ele é completo. Não fica devendo nada aos demais CMS.

    http://e107.org/news.php

    OBS: Não o uso atualmente pois precisa de servidor próprio, mas já usei. Sensacional!



  3. Marcio Marçal
    17 de junho de 2011

    Eu uso o Joomla!!! é simplesmente fantástico!!!



  4. Alexandre Kucarcz Cordeiro
    7 de julho de 2011

    Alguém conhece algum CMS específico para sites de venda de imóveis (Real Estate)? Já usei o WordPress para isso, mas infelizmente ele não possuí uma busca avançada.



  5. Nivaldo
    20 de julho de 2011

    Tenho a mesma dúvida do Alexandre. Se alguém puder nos indicar algum CMS para sites de venda de imóveis (no meu caso específico para classificados de imóveis.


RSS
Twitter
Facebook
Comentários
ASSINANTES
SEGUIDORES
FÃS
COMENTÁRIOS
7794

Subscrever Newsletter
Subscreva a Newsletter:



Aplicativos Android, iPhone e Muito Mais!




Assine a Escola Criatividade Assine a Newsletter da Escola Criatividade Escola Criatividade no Twitter Escola Criatividade no Facebook Escola Criatividade no Youtube Escola Criatividade no Google Buzz