Apartir do momento em que utiliza Dreamweaver, o utilizador criativo saberá distinguir uma boa ferramenta, completa e robusta, de uma ferramenta que não ofereça todas essas particularidades. Mas não se fica por aqui, Adobe Dreamweaver é extremamente fiável em comparação com outros produtos no mercado, mas é claro, todas estas ferramentas e particularidades têm o seu preço – Adobe Dreamweaver está à venda por $399. Se o seu objectivo é apenas criar um pequeno website sem grandes técnicas, não desperdice o seu dinheiro numa aplicação deste género: Nunca irá dar utilidade a metade das ferramentas existentes!

Se por outro lado é um designer que trabalha a sua criatividade fundo com as mais variadas técnicas, aí sim já justifica gastar algumas centenas de dólares em uma aplicação deste género que lhe permita aplicar os seus conhecimentos e tirar partido das ferramentas da aplicação. No entanto, não estamos neste artigo a debater qual a melhor aplicação do género para utilizar, mas sim para dar a conhecer 10 Dicas Dreamweaver Para Iniciantes. Se desconhece, tem curiosidade e gostaria de conhecer um pouco mais sobre esta aplicação, está no sítio certo!

1. VISTA DINÂMICA COM “LIVE VIEW”

O “Live View” é uma ferramenta extremamente útil para os designers e programadores. Com ela você poderá ver em tempo real as alterações que fizer no seu código, directamente na janela do Dreamweaver. Para que o conteúdo seja apresentado correctamente, é necessário definir alguns parâmetros. Para tal vá a View / Live View Options / HTTP Request Settings e defina os parâmetros Get ou Post. Depois quando alterar para o Live View, o conteúdo estático irá ser substituído por conteúdo dinâmico, exactamente como se estivesse online. Fantástico não é?

2. CODE NAVIGATOR


O Code Navigator é considerado o Firebug do Adobe Dreamweaver. Esta ferramenta permite saltar rapidamente através de ALT+Clique para o código que está a renderizar uma qualquer parte da sua página, parecido com aquilo que acontece com Firebug. É uma ferramenta particularmente útil no que toca à poupança de tempo, evitando que esteja à procura do código.

3. BLOQUEAR O JAVASCRIPT


AJAX é dinâmico, e muitas das vezes necessitamos de interagir com uma página onde certos conteúdos não estão renderizados ou disponíveis logo na abertura da página. Estes conteúdos não estão disponíveis porque só serão introduzidos na página algum tempo depois da abertura da mesma. Se pretender alterar o estilo de algo que está todo em javascript, terá de procurar nos scripts o que está a ser criado para poder alterar. Mas com esta ferramenta você poderá chegar lá de outra forma. Primeiro active o Live View da sua página e depois clique em F6 em qualquer altura para bloquear o javascript. Desta forma poderá chegar facilmente ao seu código relativo ao conteúdo dinâmico.

4. “LIVE CODE”

O Live Code é uma ferramenta muito útil à semelhança do Live View. O Live Code irá actualizar o seu código à medida que clicar, passar ou interagir com o conteúdo na janela do Live View. Desta forma, quando clicar num elemento no Live View, o Live Code leva-o automaticamente para o código desse elemento. Mais uma vez, poupança de tempo e trabalho.

5. SUPLEMENTOS AUTOMÁTICOS

Já se sabe que Dreamweaver vem com um sistema inteligente para completar código HTML e CSS, mas se pretender fazê-lo em Javascript, também é possível. Para tal é necessário que instale uma extensão API que lhe dá a capacidade de completar código Javascript. Assim terá também uma otimização no que toca ao código Javascript. Pode encontrar estas extensões aqui e ler mais sobre elas aqui.

6. MELHORAMENTO DE CÓDIGO


Se o seu código está desorganizado, com linhas de código confusas e dispersas, utilize a ferramenta de melhoramento de código e poderá formatar o código de acordo com as suas preferências. Para tal, primeiro defina as suas preferência na barra de ferramentas (Para a activar vá em Edit / Toolbars / Coding ), seleccione “Code Format Settings”. Depois clique em “Apply Source Formatting” e as suas preferências de formatação de código irão ser aplicadas, melhorando o seu código!

7. UTILIZE WIDGETS

No Dreamweaver é possível instalar widgets, desde assistentes para criação de páginas com carrinho de compras, templates para Drupal, carregadores de páginas, entre muitos outros. Desta forma poderá otimizar o seu trabalho utilizando widgets pré-concebidos para trabalhar as suas páginas.

8. UTILIZE SUBVERSION EM CONJUNTO COM DREAMWEAVER

Sim, é possível utilizar Subversion com Dreamweaver. Para aqueles que desconhecem, Subversion é uma aplicação Open Source de controlo de versão ou revisão. Foi criado em 2000 e na última década teve imenso sucesso em todo o mundo. Se desejar saber mais e como utilizar este sistema, visite este artigo explicativo.

9. ESTILOS REDUNDANTES – É PASSADO

Muitas pessoas utilizam o Dreamweaver como um meio de melhorar o visual dos conteúdos como se se tratasse de um processador de texto. Antes de Dreamweaver CS4 isto poderia resultar em regras CSS redundantes como .class1 .class2 e por aí a fora. Apartir da versão CS4, basta alterar o Property Inspector para HTML (para tal, clique no ícone HTML no Property Inspector) e apartir daí não terá mais problemas com redundâncias CSS.

10. VALIDAÇÃO DE FORMULÁRIOS

Quando pretende validar os seus formulários, tem receio que tenha de recomeçar do zero. Não se preocupe mais, selecciona um elemento de um formulário existente, como um campo de texto e aplique um “Spry Validation” em Insert / Spry. Depois poderá controlar os requerimentos de validação directamente no Property Inspector. Facílimo!

Ao longo desde artigo utilizámos no Dreamweaver um template gratuito presente no artigo 10 Templates HTML5 + CSS3 Gratuitos para demonstração.

E VOCÊ, CONHECE DREAMWEAVER?

Você é um iniciante ou um perito em Dreamweaver? Gostaria de partilhar dicas para os leitores da comunidade Escola Criatividade? Então comente, partilhe as suas experiências e receba também opiniões e experiências dos outros leitores! Essa é uma técnica técnica utilizada por muitos programadores que são muito bons no seu trabalho: Eles utilizam técnicas para se tornarem bons programadores!

Abraço

 

Autor: Diogo Espinha

Blog do Autor | Artigos do Autor:

Workaholic e totalmente viciado em computadores, Internet e desporto motorizado. Adora praticar desporto, é um curioso da programação em PHP, CSS e HTML5 e não dispensa a companhia do seu Mac OSX 86 Snow Leopard!

  • Explorer - Factory Construction & Ship Building Joomla Theme
  • Justice - Attorney and Law Firm Joomla Template
  • OwnFolio - One Page Personal Portfolio / vCard / Resume / Showcase Joomla Template
  • Big Business - Responsive Template
  • Merab - Creative Multipurpose Drupal 8 Theme
  • Fitness Academy Joomla Template
  • Fruition - Business Joomla Template
  • Educate | Education & Courses, Kindergartens Joomla Template
  • Constructive - Contractors Multipurpose Joomla Landing Page Theme
  • Vina Bubox - VirtueMart Joomla Template for Online Stores
  • BizOne - One Page Parallax Drupal Theme
  • LawHouse - Responsive Lawyers Attorneys Joomla Template

Gostou deste artigo? Então torne-se fã do Blog no Facebook!



Comentários dos Alunos


  1. Bruno Peralta
    7 de fevereiro de 2011

    Boas
    Excelente artigo, parabéns.
    Tenho seguido este blog desde a apresentação oficial, e só seguidor da escola do dinheiro já à um tempo, e foi a partir dele que vim aqui ter.

    Vim fazer o primeiro comentário (acho que é o primeiro) para “pedir” um artigo, sobre o dreamweaver, indicando alguns programas frees “concorrentes” ao dreamweaver…
    Certamente que haverá poucos, se clahar nenhum igual, no entanto um artigo indicando alguns gratuítos e o que “falta” para serem iguais ao dreamweaver, seria bastante bom para os programadores web que não podem despender muito dinheiro em inicio de carreira.

    Continuem este excelente trabalho.

    Abraço



    • Jonathan [JCM]
      7 de fevereiro de 2011

      Também gostaria de ver um artigo do tipo Bruno.

      Na verdade eu acho o Dreamweaver um programa ‘caro’ demais para o que ele consegue fazer.
      Visto que temos muitas outras ferramentas mais baratas ou até mesmo grátis, como é o caso do Komodo IDE e do Aptana.
      Acho que só é mais em conta para quem compra o pacote completo do CS5.

      Eu particularmente não gosto do Dreamweaver.



      • jonathas
        15 de março de 2011

        pra mim a adobe suite se divide em illustrator, fireworks, flash, photoshop(nao gosto do dreamweaver)
        por isso nao vejo muito lucro pra compra o cs5 completo pois muitos sao como eu nao usa determinador progamas

        tenho um dreamweaver antigao mais nem uso



  2. Brindes
    8 de fevereiro de 2011

    Excelente Post. trabalho com dreamweaver, mas este artigo ensinou-me algumas técnicas! Obrigado.



  3. Mauricio
    19 de fevereiro de 2013

    Muito boa essas dicas!
    Estou pesquisando bastante sobre Dreamweaver ultimamente.. e estou querendo melhorar minhas técnicas…
    Encontrei um curso na Impacta que parece ser muito bom..
    Alguém sabe se é bom? tem referências da escola?
    Esse é o curso que quero fazer:
    Curso Dreamweaver CS5 | Impacta
    Abraço!



  4. Fatima
    27 de setembro de 2013

    Boa Tarde,

    Estou querendo fazer um curso que vi na Impacta. Cursos Dreamweaver Impacta

    Gostaria de algumas opiniões.
    Será que vai ser bom para mim que estou querendo me aprofundar na área.

    Muito Obrigada.



  5. Diego Silva
    21 de outubro de 2014

    Boas dicas para quem está iniciando como eu.
    Iniciei as aulas de dreamweaver pelo curso adv aqui no rio, http://www.cursoadv.com.br.
    A ferramenta é incrível.
    Espero criar projetos complexos em breve.
    Parabéns pelo site.



  6. paulo
    7 de novembro de 2014

    disgraça nao andiantou porra nehuma se nao sabe nao pulbica fi da puta


RSS
Twitter
Facebook
Comentários
ASSINANTES
SEGUIDORES
FÃS
COMENTÁRIOS
7794

Subscrever Newsletter
Subscreva a Newsletter:



Aplicativos Android, iPhone e Muito Mais!




Assine a Escola Criatividade Assine a Newsletter da Escola Criatividade Escola Criatividade no Twitter Escola Criatividade no Facebook Escola Criatividade no Youtube Escola Criatividade no Google Buzz