As redes sociais abriram um precedente a nivel mundial no que toca à comunicação entre a comunidade escolar, alunos, professores, docentes, ninguém escapa ao mundo das redes sociais. Embora as aulas possam apenas ocupar uma parte do tempo dos alunos durante a semana, com as redes sociais os professores podem alargar esse tempo de uma forma mais cativante para os alunos, promovendo o contacto e o convívio online. Cada vez mais se verifica que professores fazem algumas tarefas relacionadas com os seus alunos através das redes sociais, nomeadamente Facebook e Twitter. Não são só os professores que podem beneficiar desta situação, os alunos podem obter informação e providenciar informação ao seu ritmo, independente dos seus colegas. Neste artigo, trazemos-lhe 5 Dicas para Professores Criativos, que utilizam as redes sociais.

midias sociais

1. ANALISE OS SEUS ALUNOS

O primeiro passo é efectuar uma análise nas suas turmas/alunos para perceber se estes utilizam as redes sociais, quais utilizam e com que frequência. Depois da primeira análise, pergunte quais as redes sociais que os alunos estão interessados em integrar nas aulas e nos métodos de estudo. Apartir daqui você terá uma base para começar a trabalhar. Tenha em atenção e tome nota se existem alunos que se opôem à rede social escolhida – Muito provavelmente não irão seguir o rumo do resto da turma se são contra. É importante tentar chegar a um consenso entre os alunos, e encontrar uma solução que seja do agrado de todos.

2. DEFINA UMA ROTINA

O próximo passo tem a ver com estabelecer objectivos e horários de trabalho. Uma ideia que não é exaustiva e que dá tempo suficiente para os alunos poderem desenvolver as suas ideias, é estabelecer 2 dias de trabalho por semana, num horário a definir em consenso com os alunos. O consenso é fundamental, pois as actividades extra-curriculares são uma certeza e nem todos estão dispostos a abdicar dos seus hobbies para o fazer.

3. DEFINA O MÉTODO DE TRABALHO

Qual vai ser o seu método de trabalho? O que é que os seus alunos vão fazer durante aquelas horas, 2 dias por semana? Sugiro que crie uma lista de possiveis tarefas e proponha as tarefas em votação, as 2 tarefas mais votadas são as vencedoras. É preciso ter em atenção que as tarefas propostas devem ter um tempo de realização não muito longo, de forma a não cansar os alunos e proporcionar a desmotivação dos mesmos – Embora as redes sociais sejam do seu agrado, a obrigatoriedade de fazer algo pode ser contra-producente.

4. INCENTIVE

A motivação é essencial para a assiduidade dos alunos, seja online ou na escola real. Se um aluno não está motivado, pode estar na internet mas não vai fazer o que tem para fazer – Ver vídeos e jogar é tão bom! A sua tarefa mais complicada será provavelmente incentivar e cativar os alunos a continuar a desenvolver as suas tarefas. Qual o melhor método de incentivo? Não é fácil definir – existem personalidades, prioridades e preferências diferentes que vão limitar o seu leque de escolhas de métodos de incentivo – Aqui você terá de ser audaz e perceber, individualmente, qual o melhor método.

5. ESTABELEÇA LIMITES

Os limites são um ponto fundamental neste capítulo. É necessário estabelecer:

  • Comportamentos
  • Prazos
  • Assiduidade
  • Qualidade

Além destes, existem os limites virtuais. Se você pretender, pode manter distância dos seus alunos no Facebook, Twitter e etc, aproveitando e ensinando a importância da privacidade online. No entanto, não terá que estabelecer limites apenas para os seus alunos, você também terá de ter os seus, e serão certamente mais fáceis de estabelecer e cumprir.

Em suma, esta poderá ser uma maneira de você aumentar a produtividade e criatividade nas suas turmas, ao mesmo tempo que educa os seus alunos para os perigos da privacidade online. Um método alternativo de gerar inteligência e germinar a capacidade de organização e gestão de tempo dos seus alunos.

Abraço e até já!

 

Autor: Diogo Espinha

Blog do Autor | Artigos do Autor:

Workaholic e totalmente viciado em computadores, Internet e desporto motorizado. Adora praticar desporto, é um curioso da programação em PHP, CSS e HTML5 e não dispensa a companhia do seu Mac OSX 86 Snow Leopard!

  • Explorer - Factory Construction & Ship Building Joomla Theme
  • Justice - Attorney and Law Firm Joomla Template
  • OwnFolio - One Page Personal Portfolio / vCard / Resume / Showcase Joomla Template
  • Big Business - Responsive Template
  • Merab - Creative Multipurpose Drupal 8 Theme
  • Fitness Academy Joomla Template
  • Fruition - Business Joomla Template
  • Educate | Education & Courses, Kindergartens Joomla Template
  • Constructive - Contractors Multipurpose Joomla Landing Page Theme
  • Vina Bubox - VirtueMart Joomla Template for Online Stores
  • BizOne - One Page Parallax Drupal Theme
  • LawHouse - Responsive Lawyers Attorneys Joomla Template

Gostou deste artigo? Então torne-se fã do Blog no Facebook!



Comentários dos Alunos


  1. Claúdia
    23 de setembro de 2011

    Parabéns pelo artigo.

    Um ótimo livro que eu estou lendo é “A Utilização das Redes Socias na Educação”.

    http://clubedeautores.com.br/book/50369–A_Utilizacao_das_Redes_Sociais_na_Educacao



  2. José almy
    24 de setembro de 2011

    Diogo,

    Parabéns, excelente matéria.


RSS
Twitter
Facebook
Comentários
ASSINANTES
SEGUIDORES
FÃS
COMENTÁRIOS
7794

Subscrever Newsletter
Subscreva a Newsletter:



Aplicativos Android, iPhone e Muito Mais!




Assine a Escola Criatividade Assine a Newsletter da Escola Criatividade Escola Criatividade no Twitter Escola Criatividade no Facebook Escola Criatividade no Youtube Escola Criatividade no Google Buzz