Depois de termos feito uma Introdução ao PHP e termos explicado os Ciclos, Declarações e Variáveis do PHP, está na hora de aprender alguns truques e dicas super úteis e valiosas ao longo do tempo de programação. Poderá considerar estes Truques e Dicas um melhoramento no seu motor de programação, que lhe permitirão obter melhores resultados no mesmo período de tempo. Não se deixe enganar pela simplicidade dos mesmos, pois é com pequenos detalhes que se fazem grandes diferenças!

Não perca os artigos anteriores desta série sobre PHP:

ASPA ÚNICA / ASPA DUPLA

Já alguma vez se questionou sobre este assunto? Provavelmente não. Mas devia, pois é um assunto com alguma relevância. Usando as aspas erradas pode não só criar erros que poderão ser muito difíceis de encontrar, como também poderá dar um aumento significativo de performance ao código, ao mesmo tempo que o torna mais simples de ler.

// Irá devolver Escola de Criatividade
<?
echo ('Escola de Criatividade');
?>

// Também irá devolver Escola de Criatividade
<?
echo ("Escola de Criatividade");
?>

Neste caso a saída de ambos os trechos são iguais, é apenas texto corrido. No entanto, aquele que está mais correcto tecnicamente, é aquele que usa a Aspa Única. E porquê? Porque usando a Aspa Única, a saída será exactamente o que lá estiver, sem processamento nenhum, como se fosse uma cópia e colagem. Usando as Aspas Duplas, todo o conteúdo será avaliado e processado. Por isso, se inserir uma variável com a Aspa Única, a saída será exactamente o que estiver escrita dentro da Aspa Única, e não um valor da variável.

<?
$variavel = 'Escola de Criatividade';
echo '$variavel'; // Irá devolver $variavel
echo "$variavel"; // Irá devolver Escola de Criatividade
?>

Para que uma variável seja processada dentro da Aspa Única, é necessário introduzir algo mais:

<?
$variavel = 'Escola de Criatividade';
echo 'Bem-vindo à '.$variavel.' !'; // A saída seria Bem-vindo à Escola de Criatividade !
echo "Bem-vindo à $variavel !"; // A saída seria Bem-vindo à Escola de Criatividade !
?>

Como pode verificar a saída de ambos os casos é a mesma. No entanto a diferença está no tempo de processamento. Nas Aspas Duplas além de processar a variável, também procura no resto do conteúdo algo que tenha de ser processado, ao passo que na Aspa Única a variável está identificada e é a única coisa que vai ser processada. Em uma linha de código apenas, parece insignificante, mas imagine código com dezenas de milhares de linhas, parece-lhe que já fará diferença? Definitivamente, sim.

CONCATENAR STRINGS

Esta dica é bastante simples, mas bastante útil. Alguma vez de perguntou como poderia concatenar strings? Simples:

<?
// O Output deste código seria: "O meu nome é Diogo Espinha e sou autor na Escola Criatividade."

$nome = "Diogo Espinha";
$escola = "Escola Criatividade";

echo "O meu nome é " . $nome . " e sou autor na " . $escola . ".";
// O operador da concatenação é o "." que é colocado antes e depois da variável. O conjunto operador de concatenação + variável + operador de concatenação deverá estar dentro de " ".
?>

TAGS PEQUENAS

Ter de escrever todas as letrinhas das tags é chato, por isso mesmo foram criadas as chamadas “short tags“, para simplificar e poupar algum tempo ao programador. Ao fim ao cabo, acaba por ter mais vantagens, como a diminuição de código, que a uma escala maior com dezenas de milhares de linhas, fará bastante diferença.

<?
$variavel = 'Apenas algum texto';
?>
<html>
<head>
</head>
<body>
<h1>Adoro a Escola de Criatividade</h1>
<p>
<?
echo $variavel;
?>
</p>
</body>
</html>
// Agora vamos introduzir o mesmo, mas com Tags Reduzidas
<?variavel = 'Apenas algum texto';
?>
<html>
<head>
</head>
<body>
<h1>Adoro a Escola de Criatividade</h1>
<p>
< ?=$variavel?>
</p>
</body>
</html>

TRUQUES APLICÁVEIS EM WORDPRESS

Aproveitando algumas dicas dadas na Escola WordPress no artigo 11 Truques para tornar o template do seu blog ainda mais incrível, iremos introduzir algumas aqui.

Ano de Copyright

Uma falha bastante comum em vários sites, não só em wordpress, é que quando muda o ano, o ano do copyright no rodapé não muda automaticamente. Isto é bastante fácil de fazer, e em wordpress basta colocar este trecho de código na zona onde quer que seja apresentada a data:

Copyright © 200x-<?php echo date(‘Y’); ?> Exemplo.com.

Total de Artigos

Se é adepto das estatísticas e gosta de as mostrar aos seus leitores, então este trecho de código é para si. Com ele poderá mostrar a todo o mundo o número total de artigos escritos no seu blog!

<?php $numposts = $wpdb->get_var(“SELECT count(*) FROM $wpdb->posts WHERE post_status = ‘publish’ AND post_type = ‘post’”);
if (0 < $numposts)
     $numposts = number_format($numposts);
echo $numposts.’ posts.’;
?>

Se pretende mais dicas para WordPress, visite a Escola WordPress e tire partido de todos as dicas e soluções para WordPress!

PRESERVAR FORMATAÇÃO

Imagine que quer introduzir um texto, um email ou uma porção de um livro numa página e pretende manter a formatação original, com as quebras de linha. Existem duas abordagens para o poder fazer. A primeira e mais simples, é embutir o texto na tag <pre>. Em alternativa, e se não quiser arriscar quebrar o layout da sua página com linhas demasiado extensas, poderá utilizar a tag <br /> usando a função n12br.

Imaginando que tem :

<p>Querido Pai Natal,
esta é a minha fantástica carta, formatada. Espero que o
➥impressione e me possa dar algumas prendas pelo Natal.

Uau! Comecei um novo parágrafo.
Cumprimentos,
Diogo Espinha.</p>

Como poderá imaginar, o resultado, e aquilo que iria ser visto seria:

Querido Pai Natal, esta é a minha fantástica carta, formatada. Espero que o impressione e me ➥possa dar algumas prendas pelo Natal. Uau! Comecei um novo parágrafo. Cumprimentos, ➥Diogo Espinha.

Aplicando a função n12br, podemos assegurar que os utilizadores irão ver o texto conforme ele foi escrito:

<p>Querido Pai Natal,<br />
esta é a minha fantástica carta, formatada. Espero que o <br />
➥impressione e me possa dar algumas prendas pelo Natal.<br />
<br />
Uau! Comecei um novo parágrafo.<br />
Cumprimentos,<br />
Diogo Espinha.</p>

Então o resultado seria este:

Querido Pai Natal,
esta é a minha fantástica carta, formatada. Espero que o
impressione e me possa dar algumas prendas pelo Natal.

Uau! Comecei um novo parágrafo.
Cumprimentos,
Diogo Espinha.

DESCOBRIR O NÚMERO DE DIAS DE CADA MÊS

Uma das tarefas básicas se pretende por ex. fazer um calendário, é saber quantos dias tem cada mês. Para isso poderá usar um trecho de código pequeno e simples de aplicar:

<?php
$timestamp = strtotime("January");
$days = date("t", $timestamp);
echo $days; // 31
?>

Conhece mais dicas e truques sobre PHP? Participe e partilhe connosco!

Até já!

 

Autor: Diogo Espinha

Blog do Autor | Artigos do Autor:

Workaholic e totalmente viciado em computadores, Internet e desporto motorizado. Adora praticar desporto, é um curioso da programação em PHP, CSS e HTML5 e não dispensa a companhia do seu Mac OSX 86 Snow Leopard!

  • Explorer - Factory Construction & Ship Building Joomla Theme
  • Justice - Attorney and Law Firm Joomla Template
  • OwnFolio - One Page Personal Portfolio / vCard / Resume / Showcase Joomla Template
  • Big Business - Responsive Template
  • Merab - Creative Multipurpose Drupal 8 Theme
  • Fitness Academy Joomla Template
  • Fruition - Business Joomla Template
  • Educate | Education & Courses, Kindergartens Joomla Template
  • Constructive - Contractors Multipurpose Joomla Landing Page Theme
  • Vina Bubox - VirtueMart Joomla Template for Online Stores
  • BizOne - One Page Parallax Drupal Theme
  • LawHouse - Responsive Lawyers Attorneys Joomla Template

Gostou deste artigo? Então torne-se fã do Blog no Facebook!



Comentários dos Alunos


  1. Anon
    12 de janeiro de 2011

    Valeu, to fazendo uns sites em php pro meu servidor de PT, e isso é útil ;D



    • Diogo Espinha
      13 de janeiro de 2011

      Olá Anon, fico contente que este artigo lhe seja útil :)

      Obrigado pela sua visita, volte sempre!



  2. Paulo
    12 de janeiro de 2011

    Muito boa as dicas, se quiser passar no site ww.CodigoPronto.com.br
    La tem varias dicas de PHP, com arquivos prontos de exemplo…



  3. Marcelo
    13 de janeiro de 2011

    Cara, eu já testei diversos plugins de contato no wordpress. Nada funciona. quanto eu testo no wamp, funciona. Quando eu coloco o blog no ar não. Como resolver isto?

    qual plugin de contato vc usa?

    abs

    marcelo



    • Diogo Espinha
      13 de janeiro de 2011

      Olá Marcelo, bem vindo à Escola Criatividade!
      Pessoalmente gosto bastante do Contact Form 7, pode pesquisar dentro do seu blog, na área dos plugins, ou ir directamente no website http://contactform7.com/

      Se precisar de ajuda na configuração terei todo o gosto em ajudar, abraço



  4. Trambulhao
    13 de janeiro de 2011

    Olá Diogo Espinha.

    Boas dicas para quem está começando. É importante ter conhecimento de como devemos escrever nossos códigos.

    Bom, vou deixar uma sugestão. Utilize vírgulas para concatenar string numa saída com echo.

    echo ‘O meu nome é ‘, $nome, ‘ e sou autor na ‘, $escola, ‘.’;

    É mais rápido que o ponto “.”, e visualmente fica mais limpo o código.

    Quanto as short tags, na minha opinião não aconselho. Existe sempre o risco de tornarem
    obsoletas em futuras versões do PHP. Já se comenta que no PHP6 isso possa acontecer.



  5. Tiago de Assis Gonçalves
    1 de fevereiro de 2011

    Legal o artigo, mas, short open tags não é recomendado…

    no próprio arquivo de configuração, consta o seguinte:
    ; short_open_tag
    ; Default Value: On (O padrão é ativado)
    ; Development Value: Off (Na máquina do desenvolvedor deve deixar desligado)
    ; Production Value: Off (Na máquina de produção deve deixar desligado)

    Já pensou se você desenvolve um site inteiro e quando vai enviar para o seu servidor descobre que é desativado o short open tags e eles não podem ativar? ;)

    Att.,



  6. Cristiano
    13 de fevereiro de 2011

    Um bom artigo Diogo!

    Nada de muito complexo, mas é útil! Parabéns!

    Cumprimentos,
    Cristiano Perdigão



  7. Romário Cruz
    21 de janeiro de 2013

    O melhor blog que ja vi, consegui entender POO aqui. Ganharam um adepto, ja favoritei.


RSS
Twitter
Facebook
Comentários
ASSINANTES
SEGUIDORES
FÃS
COMENTÁRIOS
7794

Subscrever Newsletter
Subscreva a Newsletter:



Aplicativos Android, iPhone e Muito Mais!




Assine a Escola Criatividade Assine a Newsletter da Escola Criatividade Escola Criatividade no Twitter Escola Criatividade no Facebook Escola Criatividade no Youtube Escola Criatividade no Google Buzz