Se você tem vindo a seguir a Escola Criatividade, já passou por alguns passos na otimização SEO do seu website. Desde o planejamento de seu website até à otimização da estrutura do site, certamente já tem investidas algumas horas de trabalho. É sempre bom salientar que o tempo investido na otimização SEO é sempre bem investido, desde que feito correctamente. E aqui é que está um ponto essencial na optimização SEO feita por blogueiros em todo o mundo, são cometidos erros que desfavorecem o trabalho executado até então, tirando potencial ao seu website e não recolhendo os frutos relativamente ao trabalho SEO que já foi feito. Assim, deixamos-lhe neste artigo 10 erros de SEO que você deve evitar, por forma a no futuro evitar cometer estes erros e comprometer a optimização dos seus websites.

Não perca outros conteúdo relacionados com SEO:

0. PLANEIE O SEO

Propositadamente, este é o item zero, pois é algo que você deverá ter em atenção antes de começar a fazer o SEO. Assim, você deve colocar algumas questões a si próprio:

  • Quais são os seus competidores?
  • Porquê obter tráfego orgânico? (motores de busca)
  • Quanto tempo e quanto dinheiro você quer empregar nesta tarefa?
  • Qual o espaço de tempo que você pretende obter resultados?
  • Tem conhecimentos suficientes sobre SEO?
Assim, deixamos aqui algumas dicas, relativamente às questões apresentadas:
  • É importante você fazer um estudo de mercado e saber qual a concorrência para o seu nicho de mercado. No artigo Como analisar os 10 maiores concorrentes no Google para a sua palavra-chave? da Escola Dinheiro, você poderá aprender como analisar a sua concorrência relativamente às palavras chave que você quer utilizar.
  • O tráfego orgânico é um dos melhores tráfegos que você poderá ter. Quem chega ao seu website através dos motores de buscar, é porque procurou por algo e o seu website tem. Assim, esses visitantes são aqueles que vão ler os seus conteúdos e se gostarem, irão voltar mais tarde ao seu website à procura de mais conteúdos de qualidade. Além disso, o tráfego orgânico por norma constitui a grande fatia dos visitantes de um website. No artigo Como Aumentar o Tráfego do seu Blog – Guia Completo, o colega Paulo Faustino da Escola Dinheiro ensina-o valiosos métodos e técnicas que você poderá aplicar.
  • Este item é sensível, pois depende não só das suas aspirações relativamente ao seu website, mas também dos recursos que você tem disponíveis para aplicar. Assim, você deverá fazer uma reflexão e balancear as coisas, definindo quanto tempo você irá aplicar nesta tarefa, e quais os recursos que tem disponíveis para o fazer. No artigo da Escola Dinheiro Vamos dedicar algum do seu tempo ao SEO do seu blog? você poderá encontrar dicas para o guiar nesta tarefa.
  • Este item está relacionado com o anterior: se você pretende ter resultados rapidamente, terá de empregar mais tempo e mais recursos. Se você não pretende ter objetivos rapidamente e pretende ir com calma, poderá optar por uma abordagem mais discreta e menos agressiva no tempo e recursos que irá utilizar. Naturalmente que os resultados neste dois casos não serão os mesmos, e se você pretende ser bem sucedido rapidamente e tem recursos para isso, utilize-os.
  • Embora seja o último ponto, não é o menos importante. Se você não tem conhecimentos sobre SEO, das duas uma: ou primeiro, antes de começar a otimizar o seu website, aprende com os melhores e depois aplica aquilo que aprendeu, ou então contrata um perito em SEO para fazer o trabalho por si – muito cuidado neste caso, certifique-se que está a contratar alguém que realmente percebe de SEO, e não seja uma fraude que simplesmente irá aplicar técnicas erradas no seu website, colhendo o seu dinheiro e você ficando sem resultados.

1. NÃO COMPRE LINKS

A compra de links pode ajudá-lo a subir algumas posições no Google de forma rápida, mas esta prática quando aplicada a websites que já são populares pode ser desastroso. Enquanto se está em baixo e o website não é popular, arriscar comprar links não tem um potencial de prejuízo do que se tem quando o website já é popular. Por vezes a compra de links pode ser detetada pelo Google, e no caso de isto acontecer quando o seu website não é popular, aquilo que perde não é muito quando comparado com aquilo que se perde quando se tem um website popular e se é penalizado pelo Google. Portanto aquilo que sugerimos é que tenha cuidado com a compra de links, muito cuidado, convém sempre pensar duas vezes antes de passar à acção. Obtenha links para o seu website através de outros métodos! Quanto mais orgânicos e naturais forem os seus links, menores serão as suas preocupações. Foque-se no desenvolvimento de conteúdos de qualidade, pois isso irá permitir-lhe gerar links a partir de outros sites e blogs naturalmente.

2. NÃO CRIE CONTEÚDO DUPLICADO

Este é outro dos erros infelizmente cometidos por muitos blogueiros um pouco por todo o mundo. O que acontece é que se o alvo é a keyword “twitter”, criar conteúdo que seja “ganhar seguidores no twitter” ou “como ganhar seguidores com o seu twitter” é basicamente a mesma coisa, e está a criar conteúdo duplicado dentro do seu próprio website, criando dois artigos que não vão trazer valor acrescentado ao seu website. Se o seu objectivo é subir em uma keyword, crie um artigo bombástico e linke para ele através de outros artigos, não crie conteúdo duplicado, pois aquilo que no fundo irá estar a fazer é escrever o mesmo conteúdo em artigos diferentes. Não o faça. Evite também copiar e colar conteúdo de artigos seus e/ou de outros blogs, uma vez que essa prática não é bem vista pelo Google. Para evitar conteúdo duplicado, você deverá utilizar sempre o atributo rel=”canonical”, para especificar ao robot do Google, quais as páginas originais para cada um dos seus conteúdos.

3. MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O SEO

O mundo relacionado com o SEO está em constante inovação, e então é imperativo que você esteja sempre atualizado com as ultimas novidades, a fim de não perder o rumo e o caminho a seguir, mantendo-se par a par com os seus concorrentes. Um dos erros mais comuns relacionados com os novatos em SEO é que aplicam alguns métodos e técnicas de SEO quando criam os seus blogs e depois deixam de o fazer. Isto é um erro que mais tarde irá sair caro, pois os algoritmos dos motores de busca não são estáticos e estão sujeitos a alterações. Um exemplo disso foi a atualização que o Google fez ao seu algoritmo, introduzindo mais de 52 alterações novas, como poderá confirmar neste link.

4. NÃO UTILIZE BLOGS DE HOSPEDAGEM GRATUITA

A utilização de blogs de hospedagem gratuita pode ser bastante atrativa quando se inicia no mundo dos blogs, mas a  verdade é que estes blogs estão extremamente limitados, não só porque estão hospedados em servidores nos quais você não tem controle, não tem acesso que lhe permita fazer a personalização dos blogs, e acima de tudo em alguns deles nem poderá tirar partido dos milhares de plugins disponíveis que ajudam o dia a dia de blogueiros em todo o mundo. Se você quer ter sucesso e estar bem rankeado nas pesquisas nos motores de busca, utilizar um blog de hospedagem gratuita é um erro crasso e você irá falhar. Opte por utilizar uma plataforma de blogagem que lhe permita ter total controle sobre a plataforma, como por exemplo WordPress. No que toca à optimizaçao SEO, WordPress tem a grande vantagem de contar com inúmeros plugins que lhe facilitam a vida e fazem algum do trabalho por si. Dê uma chance e teste você mesmo!

5. NÃO TENTE ENGANAR O MOTOR DE BUSCA

Esta é uma jogada muito pouco inteligente, tentar enganar quem está no comando do jogo. A tentativa de rankear para inúmeras palavras chave no mesmo artigo é um erro. Já tocámos neste assunto num ponto acima, e aqui vamos entrar mais a fundo. Se você pretende rankear nos motores de busca para várias palavra chave, crie artigos ou páginas independentes para cada uma delas. Deste modo você não só estará a criar mais conteúdo, como também estará a aumentar as suas hipóteses de rankear uma dessas páginas para as primeiras pesquisas nos motores de busca, optimizando cada uma delas de forma correta e ao máximo. Seja determinado e crie páginas individuais, com conteúdo de excelência, optimizados de forma exímia e garantidamente os seus resultados irão ser outros.

6. TAG ALT É IMPORTANTE

A utilização da tag ALT é importante, não tanto relativamente ao Google que não dá tanta importância à tag, mas sim relativamente a outros motores de busca como o Bing, Yahoo e AOL. Quando utiliza uma imagem nos seus artigos, se ela não tiver uma tag ALT definida, é vista como apenas uma imagem e não estará optimizada para uma determinada keyword que queira utilizar. Desta forma você está a perder uma oportunidade de ter uma imagem a ajudar o rankeamento para uma keyword, e os seus resultados serão definitivamente diferentes do que se não utilizar esta tag.

7. TAG TITLE TAMBÉM É IMPORTANTE

Para dizer a verdade, a tag TITLE é mais importante que a tag ALT, podemos até afirmar que é até um dos pontos mais importantes no que toca ao rankeamento nos motores de busca. Enquanto você navega na internet e lê conteúdos de outros blogueiros mais experientes, você certamente já reparou que os títulos dos artigos não são extensos. Aquilo que se aconselha é que os títulos dos artigos não tenham mais de 60 caracteres. Vamos dar o exemplo deste artigo – o título é 10 erros de SEO que deverá evitar – tem 33 caracteres, mas um principiante provavelmente iria tentar descrever mais o conteúdo do artigo no título, optando por algo como 10 erros de SEO que deverá evitar para ser um blogueiro de sucesso na internet, criando um titulo com quase 80 caracteres (Isto é apenas um exemplo!). A tag TITLE deve então ser escolhida com cuidado e escolher as keywords também com cuidado. Uma das ferramentas que tem à sua disponibilidade e que o poderão ajudar na hora da escolha é o Google Keyword Tool. Tente várias combinações e estude o mercado, escolha aquilo que melhor servirá o seu conteúdo.

8. O CONTEÚDO É IMPORTANTE, MAS CUIDADO COM O DESIGN

Obviamente que aquilo que os motores de busca procuram é o conteúdo de um website, mas é preciso ter cuidado com o look do mesmo. Ponha-se na posição de visitante: qual é a probabilidade de você voltar a um website que tem um design e usabilidade horrorosos? Até pode ter o melhor conteúdo do mundo, mas se você não o consegue ler, se você não consegue estar concentrado em ler o conteúdo, do que é que lhe vale ter o melhor conteúdo do mundo? Não descure o look do seu blog, nem a sua usabilidade. Os visitantes gostam de ser bem recebidos, estar num website limpo e no qual consigam navegar e ler os conteúdos de forma harmoniosa – há que criar um look que permita que os seus conteúdos sejam correspondidos pelos leitores! SEO não se limita apenas á optimização de conteúdos, criar links e etc, um bom design e uma boa programação de um website são um excelente ponto de partida da sua optimização SEO.

9. CAPRICHE NA HORA DE ESCREVER

Milhares e milhares de blogs no mundo inteiro não têm sucesso por uma razão muito simples: não têm conteúdo. A criação de artigos com poucas palavras limita logo ao princípio a quantidade de possibilidades que você tem de criar links dentro do seu website. Se você vai escrever, não escreva 300, 400 ou 500 palavras, escreva 1000, 1500 ou 2000. Mais uma vez vou-lhe solicitar que pense como um visitante: você chega num blog e encontra dezenas de artigos com 200 e 300 palavras, cujos temas você sabe que têm muito mais para escrever – quão decepcionante é isso? Certamente a sua opinião sobre tal blog ou website iria cair, e as suas visitas iriam descer ou mesmo terminar por completo. Por isso é extremamente importante que você crie conteúdos de qualidade, que tenham interesse e sejam úteis para os visitantes, e você não consegue isso ao escrever 300 palavras (ou pelo menos irá conseguir fazê-lo melhor com 2000 palavras!).

Deixamos aqui mais algumas dicas que são valiosas quando você está a escrever:

  • Utilize linkagem interna entre os seus artigos
  • Não linke para a sua homepage apenas com uma palava-chave
  • Crie links para outros websites do seu nicho, potenciando a ligação com os mesmos

10. NÃO SEJA OBCECADO COM O SEO

SEO não é uma ciência exata, não existe apenas uma forma de o fazer. No entanto, existem já alguns métodos que provaram serem eficazes. Sendo assim, aquilo que lhe aconselhamos é que não seja obcecado com o SEO e não tente reinventar a roda. Não tente criar os seus próprios métodos de SEO, você estará a perder tempo. Siga os métodos que já existem, siga aquilo que já foi estudado por milhares de pessoas em todo o mundo, milhares e milhares de horas utilizadas no estudo do SEO. Leia artigos dedicados a este tema, pesquise por métodos que já provaram serem eficazes e siga-os, teste-os. Se um deles não der resultado, experimente outro, não crie o seu próprio método, embora a sua determinação e vontade de o fazer sejam de louvar!

Abraço!

 

Autor: Diogo Espinha

Blog do Autor | Artigos do Autor:

Workaholic e totalmente viciado em computadores, Internet e desporto motorizado. Adora praticar desporto, é um curioso da programação em PHP, CSS e HTML5 e não dispensa a companhia do seu Mac OSX 86 Snow Leopard!

  • Explorer - Factory Construction & Ship Building Joomla Theme
  • Justice - Attorney and Law Firm Joomla Template
  • OwnFolio - One Page Personal Portfolio / vCard / Resume / Showcase Joomla Template
  • Big Business - Responsive Template
  • Merab - Creative Multipurpose Drupal 8 Theme
  • Fitness Academy Joomla Template
  • Fruition - Business Joomla Template
  • Educate | Education & Courses, Kindergartens Joomla Template
  • Constructive - Contractors Multipurpose Joomla Landing Page Theme
  • Vina Bubox - VirtueMart Joomla Template for Online Stores
  • BizOne - One Page Parallax Drupal Theme
  • LawHouse - Responsive Lawyers Attorneys Joomla Template

Gostou deste artigo? Então torne-se fã do Blog no Facebook!



Comentários dos Alunos


  1. Mauricio Lessa
    1 de junho de 2012

    Muito bom o seu artigo mas essa linguagem é para blogueiros um pouco mais avançados,para aqueles que ainda usam hospedagem grátis é outra realidade mas o esforço com certeza é o mesmo.Abraços



  2. Jose Antonio
    1 de junho de 2012

    Excelente artigo, os meus parabéns.



  3. Letícia Moraes
    16 de junho de 2012

    Muito bom! Já vi vários sites, inclusive grandes sites, colocarem link para a home, utilizando apenas uma palavra-chave sem ligação alguma.


RSS
Twitter
Facebook
Comentários
ASSINANTES
SEGUIDORES
FÃS
COMENTÁRIOS
7794

Subscrever Newsletter
Subscreva a Newsletter:



Aplicativos Android, iPhone e Muito Mais!




Assine a Escola Criatividade Assine a Newsletter da Escola Criatividade Escola Criatividade no Twitter Escola Criatividade no Facebook Escola Criatividade no Youtube Escola Criatividade no Google Buzz