PHP é uma linguagem muito dinâmica e activa e conta com inúmeras ferramentas e técnicas internas que permitem alcançar o produto final desejado pelos programadores. Para dar algum poder e facilidade aos seus scripts, PHP conta com um determinado número de declarações condicionais, loops e outras estruturas de controlo que permitem manipular dados facilmente ao longo do código. Estas 16 Estruturas de Controlo em PHP irão estar divididas em 2 artigos, pelo que nesta primeira parte iremos abordar as primeiras 8 das 16 seguintes:

  • if
  • else
  • elseif/else if
  • while
  • do-while
  • for
  • foreach
  • break
  • continue
  • switch
  • return
  • require
  • include
  • require_once
  • include_once
  • goto

php

Não perca os nossos conteúdos anteriores relacionados com PHP. Se está a iniciar na linguagem, recomendamos fortemente a leitura dos nossos artigos:

Neste artigo vamos-lhe explicar 16 Estruturas de Controlo em PHP. Será divido em duas partes, pelo que se não quiser perder a continuação deste artigo poderá subscrever o seu e-mail e receber este e outros conteúdos directamente na sua caixa de e-mail!

Endereço de Email: 

1. IF

O if é a estrutura de controlo mais básica existente no PHP. Define um bloco de código entre chavetas “{}” que é executado apenas se uma condição for correspondida:

<?php
    $var = 10;

    if ($var < 20 ) {
        echo "A condição foi correspondida";
    }

?>

Com este trecho de código, nada irá ser apresentado a não ser que a variável $var seja inferior a 20. Em alguns casos, este é um resultado não aceitável, pelo que necessitará de utilizar o Else para adicionar uma alternativa quando a condição não for correspondida.

2. ELSE

Utilize o Else quando quer introduzir uma alternativa ao If, caso este não correponda à condição:

<?php
    $var = 10;

    if ($var < 20 ) {
        echo "A condição foi correspondida";
    }else {
        echo "A condição não foi correspondida";
    }

?>

Se depois disto não quiser passar logo para o else, poderá introduzir um else if

3. ELSE IF

Um else if é utilizando entre o if e o else. Se no seu código você quiser introduzir mais uma condição antes do else, introduza o else if. O else if só é executado caso a condição inserida no if seja correspondida, caso contrário salta para o Else.

<?php
    $idade = 24;
    if ($idade < 16) {
        echo "Não tem idade suficiente para comprar bebidas alcoólicas";
    }else if ($idade < 18) {
        echo "Não tem idade suficiente para conduzir";
    }else {
        echo "Tem idade suficiente para comprar bebidas alcoólicas e conduzir";
}

?>

4. WHILE

O While é um loop que permite repetir um trecho de código enquanto uma condição for verdadeira. Isto permite-lhe criar ciclos pelos dados sem necessitar de saber quantos existem. No seguinte exemplo utilizamos uma variável $x que guarda a contagem, aumentando o seu valor no fim de cada ciclo. Este incremento automático foi explicado no artigo anterior Comentários e Operadores em PHP. Quando o contador chegar ao valor determinado na condição, pára.

$x = 0;
while ($x<10) {
    echo "A Contagem está em $x";
    ++$x;
}

O output deste trecho de código iria ser “A contagem está em X” em que X é o valor da variável $x até chegar a 10.

5. DO WHILE

O Do While é utilizado quando necessita de executar o código pelo menos uma vez, e continuar a executar se a condição for correspondida:

$x = 10;
do {
    echo "A Contagm está em $x.\n";
    ++$x;
} while ($x < 5);

Este código vai dar o ouput “A Contagem está em 10″ apesar de $x não corresponder à condição. Por isso executa uma vez, e não continua a executar. Caso o $x fosse 0, continuaria a executar até este chegar a 5.

6. FOR

Uma das declarações mais versáteis na programação PHP é o loop for, que aceita três expressões: a primeira expressão é avaliada uma vez no inicio do loop, a segunda expressão é avaliada no inicio de cada repetição do loop, e o loop continua apenas se a expressão for verdadeira, e a terceira expressão é avaliada no final de cada repetição do loop. Cada expressão pode ter mais de um segmento, separados por virgulas, enquanto que as expressões são separadas por ponto e virgula.

for ($x; $x<3; ++$x) {
    echo "A contagem está em $x.\n";
}

O Output será “A contagem está em X” em que X é o valor da variável $x até esta chegar ao valor 3.

Poderá utilizar o for também para criar um loop que vai buscar os valores dentro de um array:

$cafes = array("café1", "café2", "café 3", "café 4", "café 5");

for ($x=0, $n=count($cafes); $x<$n; ++$x) {
    echo $cafes[$x], "<br />";
}

7. FOREACH

O loop foreach fornece aos desenvolvedores uma opção poderosa para lidar com arrays. Utilizando o exemplo citado acima, com os cafés, vamos converter para a utilização do foreach:

$cafes = array("café1", "café2", "café 3", "café 4", "café 5");

foreach ($cafes as $cafe) {
    echo $cafe, "<br />";
}

Ao ler este pedaço de código, rapidamente se percebe o que ele faz:  Para cada (for each) café dentro da variável $cafes, ele escreve dentro da variavel $cafe e da o output. Irá fazer este processo até ao último registo do array.

8. BREAK

Em qualquer loop, a declaração break dá uma ordem para terminar. No caso de loops encadeados, um argumento numérico pode ser introduzido para terminar a declaração após X loops. No seguinte exemplo, a declaração irá terminar antes do suposto, pois foi dada essa ordem através de break.

while ($x<10) {
    if ($x == 6) {
        break;
    }
}
foreach($valores as $val) {
    switch ($val) {
         case 'bad_value';
            break 2; //aqui sai do switch e do foreach
         case 'good_value';
            // aqui introduzia-se algo
    }
]

Na parte II deste artigo iremos cobrir as restantes 8 Estruturas de Controlo, não perca!

Abraço e até já!

 

Autor: Diogo Espinha

Blog do Autor | Artigos do Autor:

Workaholic e totalmente viciado em computadores, Internet e desporto motorizado. Adora praticar desporto, é um curioso da programação em PHP, CSS e HTML5 e não dispensa a companhia do seu Mac OSX 86 Snow Leopard!

  • Explorer - Factory Construction & Ship Building Joomla Theme
  • Justice - Attorney and Law Firm Joomla Template
  • OwnFolio - One Page Personal Portfolio / vCard / Resume / Showcase Joomla Template
  • Big Business - Responsive Template
  • Merab - Creative Multipurpose Drupal 8 Theme
  • Fitness Academy Joomla Template
  • Fruition - Business Joomla Template
  • Educate | Education & Courses, Kindergartens Joomla Template
  • Constructive - Contractors Multipurpose Joomla Landing Page Theme
  • Vina Bubox - VirtueMart Joomla Template for Online Stores
  • BizOne - One Page Parallax Drupal Theme
  • LawHouse - Responsive Lawyers Attorneys Joomla Template

Gostou deste artigo? Então torne-se fã do Blog no Facebook!



Comentários dos Alunos


  1. Jose
    25 de outubro de 2011

    Amo este blgo pelo php!
    So isso!



  2. Jose Correia
    25 de outubro de 2011

    Porque e que o Paulo Fastino nunca mais escreveu mensagens neste blog?



  3. Jose Correia
    25 de outubro de 2011

    Sabes Diogo,
    As vezes gostava de ser como tu (o mestre do php), o que venho aqui perguntar te é em que sites e fóruns aprendeste php desde o inicio ao avançado e uma pergunta é se sabes todas as funções do php?



  4. jorge filho
    28 de outubro de 2011

    estou fazendo um curso básico com php, esse tutorial está maravilhoso, e muito simples de se entender. parabéns!


RSS
Twitter
Facebook
Comentários
ASSINANTES
SEGUIDORES
FÃS
COMENTÁRIOS
7794

Subscrever Newsletter
Subscreva a Newsletter:



Aplicativos Android, iPhone e Muito Mais!




Assine a Escola Criatividade Assine a Newsletter da Escola Criatividade Escola Criatividade no Twitter Escola Criatividade no Facebook Escola Criatividade no Youtube Escola Criatividade no Google Buzz