Quando se fala em Criatividade normalmente fala-se de Photoshop ou Fireworks. Hoje vamos perceber quais são as principais diferenças entre o Fireworks e o Photoshop, o que cada um deles significa em termos de capacidade de trabalho para os designers e webdesigners e quais as suas vantagens e desvantagens. Em última análise iremos tentar perceber se será ou não vantajoso utilizar ambos, ou utilizar um ou outro.

Este Guia de Comparação entre Fireworks e Photoshop terá vários artigos, pelo que se tiver ideias ou sugestões, participe e deixe o seu comentário! Se desejar, poderá subscrever a nossa newsletter gratuita e receber os próximos conteúdos diretamente na sua caixa de email:

Endereço de Email:

Fireworks teve o seu início com a Macromedia, fundada em 1992, resultado da fusão da Authorware Inc. e da MacroMind-Paracomp. Em Dezembro de 2005 foi comprada pela Adobe e integrada nos seus quadros, passando todos os seus produtos a serem denominados por Adobe. Fireworks surgiu no ano 1998, e até à data conta com 10 versões, a saber:

  • 1998: Macromedia Fireworks
  • 1999: Macromedia Fireworks 2
  • 2000: Macromedia Fireworks 3
  • 2001: Macromedia Fireworks 4
  • 2002: Macromedia Fireworks 6 (Macromedia Fireworks MX)
  • 2004: Macromedia Fireworks 7 (Macromedia Fireworks MX 2004)
  • 2005: Macromedia Fireworks 8
  • 2007: Adobe Fireworks 9 (Adobe Fireworks CS3)
  • 2008: Adobe Fireworks 10.0 (Adobe Fireworks CS4)
  • 2010: Adobe Fireworks CS5

Photoshop teve o início do seu desenvolvimento em 1987 através de um estudante Universitário chamado Thomas Knoll, que começou a criar no seu Macintosh Plus um programa para mostrar imagens a preto e branco num display monocromático. Chamou a atenção do seu irmão, John Knoll, empregado na Industrial Light & Magic, que recomendou que Thomas tornasse o programa num editor de imagem. Mais tarde nesse ano, e após uma pausa de 6 meses nos estudos por parte de Thomas para ajudar no desenvolvimento do programa ao qual foi dado o nome primário de ImagePro, este passou a ser denominado de Photoshop, em finais de 1988. Passado algum tempo os irmãos Knoll viajaram até Silicon Valley e fizeram uma demonstração do programa a engenheiros da Apple e a Russel Brown, director gráfico da Adobe. A Adobe ficou interessada no programa e adquiriu as licenças. Em 1990 foi lançado o Photoshop 1.0 exclusivamente para Macintosh. Até à data foram lançadas 28 versões do Photoshop, a saber:

  • 1990, Fevereiro: Adobe Photoshop 1.0 (Macintosh apenas)
  • 1991, Junho: Adobe Photoshop 2.0 (Macintosh apenas)
  • 1992, Janeiro: Adobe Photoshop 2.0.1 (Macintosh apenas)
  • 1992, Novembro: Adobe Photoshop 2.5
  • 1993, Julho: Adobe Photoshop 2.5.1 (Macintosh apenas)
  • 1994, Setembro: Adobe Photoshop 3.0
  • 1996, Novembro: Adobe Photoshop 4.0
  • 1997, Agosto: Adobe Photoshop 4.0.1
  • 1998, Maio: Adobe Photoshop 5.0
  • 1998, Junho: Adobe Photoshop 5.0.1
  • 1999, Fevereiro: Adobe Photoshop 5.5
  • 2000, Setembro: Adobe Photoshop 6.0
  • 2001, Março: Adobe Photoshop 6.1
  • 2001, Março: Adobe Photoshop 7 ( Introdução do suporte a Mac OS X )
  • 2001, Abril: Adobe Elements 1
  • 2002, Agosto: Adobe Photoshop 7.0.1
  • 2002, Agosto: Adobe Elements 2
  • 2003, Outubro: Adobe Photoshop CS (8.0)
  • 2004, Outubro: Adobe Elements 3
  • 2005, Abril: Adobe Photoshop CS2 (9.0)
  • 2005, Outubro: Adobe Elements 4
  • 2006, Outubro: Adobe Elements 5 (Apenas para Windows)
  • 2007, Abril: Adobe Photoshop CS3 (10.0)
  • 2007, Outubro: Adobe Elements 6
  • 2008, Outubro: Adobe Elements 7 (Apenas para Windows)
  • 2008, Outubro: Adobe Photoshop CS4 (11.0)
  • 2009, Setembro: Adobe Elements 8
  • 2010, Abril: Adobe Photoshop CS5 (12.0)

AS VANTAGENS DE UTILIZAR FIREWORKS

O Fireworks é uma aplicação gráfica, tal como Photoshop, e o que os diferencia é o utilizador alvo. O que leva as pessoas a escolher o Fireworks tem a ver com o facto de que foi feito especialmente para Web Designers. É leve, trabalha de forma rápida e a curva de aprendizagem é melhor e mais rápida que no Photoshop. Como é feito especialmente para Web Designers, é expectável que ao longo dos tempos vá crescendo e sendo acrescentadas melhorias, para acompanhar a evolução da indústria. Concluíndo, se é um novato no Fireworks, não irá ser incomodado com a complexidade e a curva de aprendizagem do Photoshop. Vamos então analisar todas as principais vantagens de utilizar Fireworks.

LINKAGEM INTERNA

A linkagem interna é exactamente aquilo que o nome sugere, inserir links nos documentos do Fireworks. Uma vez que o conceito principal é a construção de websites, esta funcionalidade permite construir um website inteiro sem ter de escrever uma única linha de código. Pode fazer linkagem interna mas também linkar para sítios externos, como é o caso da imagem. Para fazer linkagem interna bastaria meter o caminho e o nome do ficheiro a linkar. No final, quando tiver o trabalho concluído, é possível exportar todo o site como código. Há também uma particularidade, se exportar o trabalho como PDF, toda a linkagem irá permanecer, e poderá enviar protótipos para os seus clientes ou co-trabalhadores, mantendo toda a funcionalidade num formato de ficheiro acessível a todos.

PÁGINAS MESTRAS


Esta funcionalidade permite que se definam elementos que quer que apareçam em cada página. Também permite criar quantas sub-páginas entender, dentro do mesmo template, do mesmo website. Esta ferramenta é considerada super-poderosa porque ao fim ao cabo actua exactamente como um website online actua. Isto é 100% intencional por parte da produtora, que criou isto por forma a ter os mesmos comportamentos que uma página online teria. Tem a possibilidade de fixar elementos que necessite, como a navegação, o logótipo, fundos, ou outro que deseje, e alterar elementos entre páginas, como os conteúdos, imagens de conteúdo, etc. Se é utilizador de Photoshop a esta altura estará a pensar “Tudo bem, mas também consigo fazer isso no Photoshop usando os Grupos de Níveis, ou vários ficheiros PSD”. Certo, mas o que se pretende não é organização e simplicidade? :)

GESTÃO DE ESTILOS

Estilos no Fireworks são muito similares ao CSS numa página. Cada elemento poderá ter o preenchimento, tipo de letra, efeitos, etc e depois guardar isto como um Estilo, para poder ser re-utilizado mais tarde em mais elementos da página, da mesma forma que se utiliza as folhas de estilo em cascata, CSS. Basta alterar no estilo, que cada elemento usando esse estilo irá ser alterado de acordo. É particularmente útil quando estamos a lidar com várias páginas e temos o mesmo estilo espalhado por algumas delas, aplicando o conceito: Altere um, altere todos. No final de contas, irá poupar imenso tempo utilizando esta fantástica utilidade.

FERRAMENTAS DE VECTORES


O Photoshop oferece ferramentas rudimentares para trabalhar com vectores, mas Fireworks traz-nos algumas das ferramentas nativas do Illustrator. Provavelmente a melhor ferramenta para os web designers presente no Fireworks é o rectângulo arredondado, que inclui pontos de controlo para cada canto, tornando a tarefa mais fácil se pretender fazer alterações ao rectângulo. Pode criar um canto arredondado e os outros não, ou fazer qualquer combinação que satisfaça a sua necessidade enquanto web designer, tirando partido das funcionalidades e particularidades existentes.

Não perca a continuação do Guia de Comparação entre Fireworks e Photoshop, se tiver ideias ou sugestões, participe e deixe o seu comentário! Se desejar, poderá subscrever a nossa newsletter gratuita e receber os próximos conteúdos diretamente na sua caixa de email:

Endereço de Email:

Até já!

 

Autor: Diogo Espinha

Blog do Autor | Artigos do Autor:

Workaholic e totalmente viciado em computadores, Internet e desporto motorizado. Adora praticar desporto, é um curioso da programação em PHP, CSS e HTML5 e não dispensa a companhia do seu Mac OSX 86 Snow Leopard!

Templates Incríveis para seus Projetos:

  • Cube+ | One Page Parallax Joomla Theme
  • UniCourse Responsive Moodle Theme
  • ZT Two Joomla Creative Template
  • EXCEPTION - Responsive Business Drupal Theme
  • deKor - Responsive Interior Joomla Template
  • Premium Layers: Joomla vCard & Resume Template
  • Neko - Responsive Bootstrap App Landing Page
  • Meetup | Conference & Event Joomla Template
  • MegaShop - Multipurpose Responsive Joomla Template
  • Jarvis - Onepage Parallax Joomla Template
  • Real Estate – The Functional Real Estate Joomla Te
  • Trizzy - Multi-Purpose eCommerce Drupal Theme

Gostou deste artigo? Então torne-se fã do Blog no Facebook!



Comentários dos Alunos


  1. Jonathan [JCM]
    10 de janeiro de 2011

    Interessante a história por trás do photoshop, ainda não sabia. Interessante como grandes projetos se iniciam com uma simples ação, assim como foi com a Google também foi com o Photoshop.
    Sobre o artigo, estou aguardando os próximos. ^^
    Mas creio que a resposta para “Qual o melhor”, é diferente, dependendo da área que a pessoa trabalha.

    Cumprimentos.

    Responder


    • Diogo Espinha
      11 de janeiro de 2011

      Olá Jonathan, de facto é interessante como são criados grandes projectos a partir de pequenas e simples ações, que passam de simples a mega projectos em um abrir e fechar de olhos.
      Aguarde os próximos artigos que irão trazer algumas particularidades sobre as funcionalidades de cada um,
      abraço!

      Responder


  2. Ivo Macedo
    10 de janeiro de 2011

    Gostei, e eu tinha essa dúvida sobre Photoshop em relação ao Fire… Uau, nunca fiz um cursinho de web, e fui aprendendo algumas coisas fuçando, mas eu sinceramente pensava que o Photoshop era superior ao Fireworks por pensar que os dois tinham a mesma função… Me enganei!

    Se entendi bem o Fireworks permite criar a interface de design inteira de um site. É isso? Se for obrigado! Porque vou usar e abusar dessa poderosa ferramenta da Adobe!

    Responder


    • Diogo Espinha
      11 de janeiro de 2011

      Olá Ivo, bem vindo à Escola Criatividade!
      Confesso que sou utilizador devoto de Fireworks há bastante mais tempo do que sou utilizador de Photoshop, e por experiência própria, existem muitas diferenças entre os programas, começando logo pelo seu objectivo alvo.
      Fireworks permite-lhe criar toda a interface de design de um website, permitindo-lhe até criar as linkagens para não ter de escrever uma única linha de código, embora ambos saibamos que para se fazer um bom website é preciso trabalhar bastante com o código, não é? :)

      Obrigado pela sua visita e participação, abraço.

      Responder


  3. Paulo Faustino
    11 de janeiro de 2011

    Olá Diogo, parabéns pelo sensacional artigo! Não podia deixar de vir parabenizar-te pela excelente série de artigos que agora inicias. As diferenças entre o FireWorks e o Photoshop são aparentemente muitas, e estou bastante interessado em compreender qual será a melhor escolha dependendo do tipo de trabalho que realizo com edição de imagens e criação de pequenos elementos gráficos. Ficarei atento :)

    Muitos parabéns!

    Abraços

    Responder


    • Diogo Espinha
      11 de janeiro de 2011

      Olá Paulo, muito obrigado! De facto, no presente e já há algum tempo, Photoshop é a ferramenta chave para edição de imagem, e esse não é o propósito do Fireworks. Embora também dê para trabalhar imagens, claramente não tem todo o potencial e ferramentas do Photoshop, que abrem portas a criações magníficas, como algumas que já partilhámos aqui na Escola Criatividade.

      Abraço :)

      Responder


  4. Luís Salvador
    13 de janeiro de 2011

    Eu dei Fireworks no meu curso de Web Design. Mesmo assim continuo a preferir Photoshop, é mais completo.

    Depois passo tudo para o Dreamweaver.

    Responder


    • Diogo Espinha
      13 de janeiro de 2011

      Olá Luís, na minha opinião, e se metermos os programas de igual para igual esquecendo qual o objectivo de cada um, Fireworks é mais forte em alguns pontos, e Photoshop mais forte em muitos outros. No entanto é sabido que Fireworks é direccionado para o Web Design e não para tratamento e edição de imagem, como Photoshop é tão bom nisso. Dreamweaver também é uma boa ferramenta de trabalho, que uso faz bastante tempo!

      Obrigado pelo seu comentário,
      Abraço!

      Responder


  5. Luciano Gurjão
    13 de janeiro de 2011

    Olha…como eu só faço sites, é natural que meu foco é fireworks, já dei muitas aulas de fireworks, e algumas poucas de photoshop.

    Concordo com tudo, a diferença está no foco, fireworks é web, PS é Imagem.

    Entretanto, na minha opinião, quem está no foco da web deveria focar somente no fireworks, o motivo?

    simples, pra mim, a diferença básica entre PS e FW está nas LAYERS.

    Cara, depois de 1 semana usando o FW seguido.. você abre o photoshop e fica stressado só com as seguidas permissões e “burocracias” que o PS te impôe, é um saco…
    Mesmo quem não conhece o FW, com 10 minutos de uso a pessoa já percebe a agilidade na parte de seleção dos objetos. É muito mais dinâmico, ágil e prático( é só clicar basicamente). Fico pensando se o photoshop não poderia ser assim, difícil né?

    só sei que para trabalhos simples, uso o FW! e faço em 10, 20 minutos… com o PS vou pra 30,40.. só por causa das layers..
    tá certo que eu não estou acostumado… mas mesmo assim o fw é sim mais rápido e dinâmico.

    A diferença entre um e outro que você disse é meio óbvia, fw é feito pra web, ps pra imagem. dai você cria um artigo e diz que é essa a diferença, redundante.

    mas não me leve a mal, pelo fato de fw ser pouco conhecido se comparado ao ps, você começou no caminho certo, só espero que se aprofunde mais, pois a diferença fica num buraco mais embaixo!

    abraço ;)

    Responder


    • Diogo Espinha
      13 de janeiro de 2011

      Olá Luciano, bem-vindo à Escola Criatividade!

      Antes de mais deixe-me felicitá-lo pelo seu website e porfólio de grande qualidade, parabéns.

      No que toca ao artigo, sim, é óbvio que FireWorks é para web e Photoshop para imagem, mas é óbvio para aqueles que conhecem os programas. Quem não conhece pensa que ambos tratam imagem, que Photoshop é mais poderoso e ponto final. É verdade que Fireworks é muito pouco conhecido comparando com Photoshop, mas também é verdade que cada vez mais se procuram profissionais que saibam trabalhar com Fireworks. Este artigo é a Parte I como indica no título, a abordagem a este tema irá ser continuada nos próximos artigos, fique atento :)

      Obrigado pelo seu comentário,
      Abraço!

      Responder


  6. Luís Salvador
    13 de janeiro de 2011

    Acho que vou levar mais em atenção o que tenho que fazer (se edição de imagem um criação de um pequeno banner) se um site. E assim optar por usar, na altura, Photoshop ou Fireworks.

    Responder


  7. jonathas
    20 de fevereiro de 2011

    utilizo ambos a 2 anos

    porem prefiro o fireworks

    tenho a suite completa cs5

    uso o photoshop pra hdr, content aware

    alem do flash que é bem legal

    Responder


    • Diogo Espinha
      21 de fevereiro de 2011

      Olá Jonathas, muito obrigado pela sua opinião e comentário!

      Abraço

      Responder

Comente o Artigo!

RSS
Twitter
Facebook
Comentários
ASSINANTES
SEGUIDORES
FÃS
COMENTÁRIOS
7687

Subscrever Newsletter
Subscreva a Newsletter:



Aplicativos Android, iPhone e Muito Mais!




Assine a Escola Criatividade Assine a Newsletter da Escola Criatividade Escola Criatividade no Twitter Escola Criatividade no Facebook Escola Criatividade no Youtube Escola Criatividade no Google Buzz