No artigo de hoje você vai fazer uma animação bem simples, onde você vai conhecer algumas das ferramentas e aprender mais sobre a Timeline do After Effects. No artigo anterior, você começou a ver como criar animações, hoje você vai ver como usar os Layer Styles para aplicar estilos as camadas, Blending Modes para texturizar a composição e como ajustar movimentos com a ajuda da ferramenta Convert Vertex Tool.

Todos esses elementos estarão presentes em uma única composição. Vamos começar?

DE VOLTA A TIMELINE DO AFTER EFFECTS

Sim, estamos de volta a timeline do After Effects, mas hoje não aprenderemos apenas sobre ela, vamos unir ferramentas e recursos da timeline para criar o projeto de uma bola caindo. Vamos estudar o movimento e ver como modificar os vértices do movimento. Para começar, adicione um Sólido a sua Timeline, para fazer isso vá em Layer>New>Solid

Na janela que abrir você pode ajustar esse sólido. Vamos deixá-lo com a cor Azul e do tamanho da Composição.

Você deve estar se perguntando o que é essa camada Solid. Ela é, nada mais nada mesnos, do que uma Layer com uma cor sólida, que podemos usar para desenhar uma máscara, aplicar efeitos ou simplesmente utilizar como fundo da Composição, como é o caso do nosso projeto.

LAYER STYLES

Se você já conhece o Photoshop, vai ver que esse recurso também existe lá. O Layer Styles serve para mudar a aparência das camadas, adicionando sombras, glows e bevels. Inclusive existe uma ótima interação entre Photoshop e After Effects, se você tiver um arquivo do Photoshop com Layer Styles, poderá importá-lo para o After Effects e alterar os estilos aplicados a cada uma das camadas. Para acessar os Layer Styles clique com o botão direito sobre o sólido na Timeline.

Vamos começar aplicando o Gradient Overlay: esse estilo de camada (Layer Style) adicina um degradê na camada do After Effects. Existem várias opções, vamos ajustar o Gradient da Layer.

Agora vamos criar um círculo com a mesma ferramenta do artigo anterior, a ferramenta Ellipse Tool. Queremos criar um Shape Layer, para isso é preciso não ter nada selecionado na Timeline ou então, você acabará criando uma máscara na camada selecionada.

Apliquem agora o Layer Style Bevel and Emboss: ele cria uma série de Highlights e Shadows, adicionando a ideia de profundidade a uma Layer.

Vamos fazer alguns ajustes para parecer mais com um círculo.

Aplique também o Inner Shadow: que cria uma sombra que cresce em direção ao centro da Camada. Vamos fazer alguns ajustes para ver esse Estilo.

OS TIPOS DE LAYER STYLES

  • Drop Shadow: projeta uma sombra atrás da Layer.
  • Inner Shadow: insere uma sombra por dentro da Layer, das bordas para o centro.
  • Outer Glow: coloca um Brilho (Glow) que se projeta por fora da camada.
  • Inner Glow: insere um Brilho (Glow)que se projeta por dentro da camada.
  • Bevel and Emboss: adiciona vários highlights e shadows, oferecendo uma noção de profundidade a camada.
  • Satin: insere um sombramento acetinado a camada.
  • Color Overlay: aplica uma cor sobre a camada.
  • Gradient Overlay: aplica um degradê sobre a camada.
  • Stroke: desenha uma linha de contorno na camada.

ANIMAÇÃO, FERRAMENTAS E A TIMELINE DO AFTER EFFECTS

Agora que já desenhamos um círculo e aplicamos alguns Layer Styles nele, podemos criar uma animação com este círculo. Mas antes disso, observem que ao selecionar a Camada, o Alvo que marca o eixo central do círculo está fora do lugar.

Entendam que é sobre esse ponto que a camada gira (Rotation) e amplia (Scale), por isso é preciso ajustá-lo antes de começar uma animação, pois esse ponto pode atrapalhar depois. Vamos deixá-lo um pouco abaixo do centro do círculo, pois faremos uma animação em Scale mais tarde. Para ajustá-lo utilizamos a ferramenta Pan Behind Tool clicando sobre o Alvo e arrastando ele para a posição que desejamos

.

Perfeito, agora vamos animar essa bola. Abrimos as propriedades dessa Layer e ativamos o cronômetro do Position, lembram-se como fazer isso? Se não lembrarem vejam o artigo Iniciação ao After Effects: Timeline, Animação e Keyframes.

Ativado o primeiro keyframe, jogamos nossa bola para fora da tela da Composição. Obs.: eu separei a janela da composição para facilitar a visualização de Timeline e Composição.

Avançando 10 frames, posicionamos:

Mais 10 frames. (Shift+PageDown para avançar 10 frames e PageDown)

Mais 11 frames.

Mais 12 frames.

Mais 13 frames.

Mais 15 frames e vamos fechar o movimento.

O movimento está pronto, porém, se reproduzirmos ele, veremos que nossa bola faz voltas demais. Para consertar isso, vamos modificar as curvas do movimento utilizando a ferramenta Convert Vertex Tool. Clique e segure no ícone para mostrar as opções.

Agora, para usá-la, selecionamos a camada e na Janela de Composição, veremos a linha do movimento (pontilhada em azul). Vejam que os quadrados representam nossos keyframes. Com a ferramenta Convert Vertex Tool podemos ajustar os movimentos, como uma das ferramentas do Photoshop. Vamos clicar em cada um dos keyframes de quando a bola “toca o solo”, isso vai deixar o movimento deles em Linear. Reparem que a linha do movimento vai formar um V na parte inferior e um U na superior.

Para finalizar esses movimentos, selecionem na Timeline os keyframes onde o círculo está no alto e mudem o tipo de interpolação do keyframe para Auto Bezier. Para alterar, basta clicar com o botão direito e ir em Keyframe Interpolation.

Para ficar mais bacana essa animação, você pode criar alguns keyframes em Scale começando cerca de 01 frame antes da bola tocar o solo. Ativem os keyframes em Scale 01 frame antes e deixem tudo em 100%. Depois avancem um keyframe e diminuam apenas o Scale em Y, para fazer isso basta desativar o link entre X e Y no Scale. O último keyframe deve voltar a 100%. Feito isso, é só copiar para os outros momentos em que a bola toca o solo.

BLENDING MODES

Os blending modes não são exclusivos do After Effects, assim como muitas coisas. O Photoshop possui os mesmos Blending Modes do After Effects. O que são eles? De forma breve, são modos de cor onde as cores das camadas interagem umas com as outras de diferentes maneiras. Quando você ativa um Blending Mode, a camada selecionada passa a ter transparências em determinadas cores, ou nos Brancos ou nos Pretos. Assim, todas as camadas abaixo dela são afetadas, mudando sua aparência e aplicando um estilo bem diferente para seu projeto.  Pra entender melhor os Blending Modes, só vendo o que acontece com as camadas ao selecionar cada um deles.Para usar um Blending Mode, você deve selecioná-los na Timeline.

Experimentem, por exemplo, importar uma textura de metal para o projeto. Insiram ela sobre as outras camadas e apliquem o Blending Mode Overlay. Vejamos o que acontece com a camada.

Ao invés de termos apenas uma camada cinza na Composição tapando as camadas inferiores, adicionamos um efeito bastante interessante ao nosso projeto. Vejamos o que acontece se aplicarmos uma outra textura, desta dez de papel e se aplicarmos o Blending Mode Difference.

Nossa bola muda completamente de cor, assim como toda a composição. É interessante utilizar os Blending Modes para adicionar texturas sobre os elementos, criando efeitos criativos e únicos. Pode-se deixar o projeto com uma aparência mais artística, ao invés de apenas criar uma animação com cores sólidas e bem certinhas. Cabe a vocês explorarem esses modos de cor e a reação de cada um deles. Vale a pena brincar.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Gostaram deste artigo? Espero que sim. Nesse artigo você viu como criar uma animação bem simples e como ajustar o movimento com a ajuda das interpolações e da ferramenta Convert Vertex Tool. Além disso, começamos a ver como aplicar estilos de camadas, que dão a possibilidade de aplicar profundidade, luz e sombra a gráficos 2D no After Effects. Por fim, aprendemos como utilizar os Blending Modes e a criar mesclagens entre as camadas, para conseguir efeitos bem diferentes e interessantes. A partir deste artigo, lembrem-se sempre do seguinte: explorem as ferramentas aprendidas para conseguir seus próprios efeitos ou animações criativos, vale a pena testar. No próximo artigo, continuaremos explorando as ferramentas do After Effects. Veremos, principalmente, as ferramentas para criação de máscaras. Você vai notar, por exemplo, que a ferramenta Convert Vertex Tool possui diferentes usos, dependendo do que estiver selecionado na Timeline. Até a próxima galera.

  • Quem puder, envie o que consegui fazer através deste artigo, sua composição criativa. Deixe nos comentários.
Grande abraço e ótimas ideias a todos.

 

Autor: adrianodorda

Blog do Autor | Artigos do Autor:

Blogueiro fundador do AEdicas, formado em Comunicação Social e apaixonado por Edição de Vídeo e Motion Design.

  • Explorer - Factory Construction & Ship Building Joomla Theme
  • Justice - Attorney and Law Firm Joomla Template
  • OwnFolio - One Page Personal Portfolio / vCard / Resume / Showcase Joomla Template
  • Big Business - Responsive Template
  • Merab - Creative Multipurpose Drupal 8 Theme
  • Fitness Academy Joomla Template
  • Fruition - Business Joomla Template
  • Educate | Education & Courses, Kindergartens Joomla Template
  • Constructive - Contractors Multipurpose Joomla Landing Page Theme
  • Vina Bubox - VirtueMart Joomla Template for Online Stores
  • BizOne - One Page Parallax Drupal Theme
  • LawHouse - Responsive Lawyers Attorneys Joomla Template

Gostou deste artigo? Então torne-se fã do Blog no Facebook!



Comentários dos Alunos


  1. D. Leal
    15 de novembro de 2012

    O problema deve ser meu com certeza, mas não sei como o individuo consegue perceber alguma coisa do assunto lendo porque é de fato uma confusão. Em video fazia mais sentido.



    • adrianodorda
      16 de novembro de 2012

      Eu entendo seu ponto de vista, eu acredito que isso varia de pessoa para pessoa. Para mim, vídeos servem muito bem quando se trata de tutoriais bem complexos, cheios de técnicas e passos intermináveis. Agora quando preciso conhecer uma técnica rapidamente, prefiro textos, já que é mais fácil ir direto ao ponto, não preciso ficar procurando no vídeo o que estou interessado. Abraço.



      • Davidson
        24 de dezembro de 2012

        Concordo plenamente contigo, sempre que busco tutorias, dicas e etc sempre dou preferência por texto, mas infelizmente o número de textos sempre está a dinuir enquanto o de vídeos aumenta, :’(



  2. Paula
    30 de janeiro de 2013

    Os tutoriais estão bem legais, mesmo sem vídeo tem as imagens, com tudo marcado. Está bem compreensível. Parabéns!

    http://www.youtube.com/watch?v=zESLHzvG-ds&list=UUvcq6W9-zvWuLHETcD00VUQ&index=1


RSS
Twitter
Facebook
Comentários
ASSINANTES
SEGUIDORES
FÃS
COMENTÁRIOS
7794

Subscrever Newsletter
Subscreva a Newsletter:



Aplicativos Android, iPhone e Muito Mais!




Assine a Escola Criatividade Assine a Newsletter da Escola Criatividade Escola Criatividade no Twitter Escola Criatividade no Facebook Escola Criatividade no Youtube Escola Criatividade no Google Buzz